Search Placeholder

Um Sinal de São Floriano

Na Polônia, padres distribuem santinhos no Natal; criamos um que detecta dutos bloqueados, reduzindo envenenamentos por monóxido de carbono.

Mais de 100 poloneses morrem a cada inverno por intoxicação por monóxido de carbono causada por ventilações bloqueadas em seus lares. O monóxido de carbono não escolhe suas vítimas; católicos, ortodoxos, crentes, ateus, ricos ou pobres. A Polônia é um país religioso, com uma forte tradição de padres que visitam as casas de fieis na época do Natal. Durante essas visitas pastorais, eles distribuem imagens de santos para proteger os lares contra o mal e ameaças. São Nicolas mantém os ladrões afastados, São Cristóvão protege contra acidentes de carro; porém, este anos, padres de várias religiões distribuíram imagens bem diferentes: a imagem de São Floriano, o padroeiro dos bombeiros e limpadores de chaminés. As imagens foram criadas com maestria pela icônica pintora polonesa Tamara Penwell. Diferenças de pressão movem o ar, e o ar em movimento cria uma corrente no duto de ventilação. Então, se você colocar um pedaço de papel na frente de um duto que está funcionando, ele deve grudar; se não grudar, é sinal que o seu lar não tem uma ventilação adequada. Quase 30 milhões de imagens de São Floriano foram distribuídas para a população polonesa de 37 milhões de habitantes. A imagem de São Floriano se tornou uma ferramenta para salvar a vida de pessoas, independentemente da religião. Além disso, foi a primeira imagem de santo a comprovadamente funcionar.