Search Placeholder

A ciência da Pfizer vencerá

A ciência vencerá

A Pfizer vencerá, “A ciência vencerá,”, uma campanha criada para informar seu compromisso de usar sua dimensão e recursos para ser a pioneira da ciência em escala para uma nova era na saúde humana.

A primeira execução foi apresentada à Pfizer no início de 2020, e foi planejada para ser veiculada nos EUA no final daquele ano, e em todo o mundo no início de 2021. Mas então a COVID-19 aconteceu, e a pandemia global tornou a mensagem mais adequada e urgente. Juntamente com essa pandemia global e com o desejo crescente de agir, a Pfizer precisava ser vista como líder na luta contra a COVID-19 e outras doenças globais. Então, firmamos uma parceria com a Pfizer para mudar nossos planos e utilizar a plataforma de “A ciência vencerá” para focar nas iniciativas de combate ao vírus.

Como as normas de distanciamento social tornaram temporariamente as produções integradas uma coisa do passado, usamos vídeos de propriedade da Pfizer, imagens em arquivo e vídeos filmados pelos próprios cientistas da Pfizer que estavam trabalhando diretamente em vacinas contra a COVID-19 e tratamentos antivirais. A campanha foi lançada em abril de 2020 e incluiu um filme de 60 segundos que foi exibido na TV, vídeo on-line e mídias sociais — YouTube, Facebook, Twitter e LinkedIn. Os principais executivos da Pfizer publicaram suas selfies nas redes sociais, todos segurando cartazes com nossa mensagem simples e esperançosa: A ciência vencerá. Desde então, a campanha foi traduzida e lançada em 10 mercados globais.

Resultados: O impacto da campanha foi imediato e resultou em avanços significativos no cumprimento das metas de reputação da marca. De acordo com um estudo quantitativo de propriedade da Pfizer, após a campanha: 55% têm uma visão mais favorável da Pfizer, o que eles estão atribuindo em grande parte à campanha; 40% dos americanos têm uma visão mais favorável da farmacêutica. A percepção pública da indústria farmacêutica em geral melhorou devido à COVID e está no seu auge desde 2003. O Facebook incluiu ‘A ciência vencerá’ em suas campanhas “best of the pandemic”.